Logomarca da Sistel
ROMANCE Icone
  • +
    25.10.2017

    As três faces do amor

    Amores da primeira idade São vividos na mocidade Com beijos, brigas e pirraças Onde reinam as trapaças Dos desejos da idade. Amores da segunda idade São conflituosos e amadurecidos São vividos e sentidos Sem ressentimentos ou mágoas São sonhos adormecidos De amores compreendidos Às vezes meio sofridos Por fracassos já vividos Reina amor no coração. […]

  • +
    18.10.2017

    À Fundação Sistel de Seguridade Social

    Primeiramente, manifesto o desejo parabenizar essa Fundação pela celebração de seus 40 anos. Creio que posso dizer que a Sistel comemora seu jubileu de rubi ou esmeralda, ambos cristais apreciados pela raridade, forma, dureza e iridescência. São minerais que a cerca de 3.000 anos são usados como pedras preciosas. O exemplo de valor dessas pedras […]

  • +
    18.10.2017

    Infarto Fulminante

    Do pop ao rock’n roll mais pesado o coração dela dançou. Ele despertou nela quase todos os ritmos musicais. Às vezes, acalentava ao som do jazz e do blues. Ela era sorriso por dentro, vibrava! Notoriamente dominava o ritmo da bossa nova, MPB e do pop. Era como ler um panfleto entregue na rua, não […]

  • +
    02.10.2017

    Certa Vez – Uma paixão ou uma decepção?

    Certa vez encontrei alguém que me fez muito bem… Ele era aquela pessoa que combinava comigo em tudo. Gostava de abraços apertados, frases impactantes, aventuras reais e uma dose de muito carinho. Ele era ouvinte e dizia as melhores palavras quando me sentia insegura. Ele era simples e tinha um coração enorme. Ele era incrível. […]

  • +
    02.10.2017

    Eu nunca envelheço

    Envelheço quando me fecho para as novas ideias e me torno radical. Envelheço quando o novo me assusta e minha mente insiste em não aceitar. Envelheço quando me torno impaciente, intransigente e não consigo dialogar. Envelheço quando meu pensamento abandona sua casa. E retorna sem nada a acrescentar. Envelheço quando muito me preocupo e depois […]

  • +
    02.10.2017

    Borboletas mais rápidas que os correios

    Cheguei logo cedo devagar pra que você não notasse a minha presença. A intensão era fazer uma surpresa, logo eu que vim de tão longe e no caminho planejando um beijo inesquecível quando te encontrasse. Estava com medo porque você não havia respondido a carta que lhe enviei há um mês atrás, mas decidi correr […]

  • +
    20.09.2017

    A entrega perfeita do amor

    Quem me dera você ser minha namorada, Minha doce e amada, minha flor de mulher. Quem me dera poder estar em teus braços, E sentir o aconchego do teu abraço. Quem me dera ser tua alegria, Ser teu sorriso que contagia, Quem me dera ser teu chorar, Para contigo também nesta hora estar. Quem me […]

  • +
    01.09.2017

    Minha história de vida

    Minha história de vida sempre foi poetizada, porque quando entrei na TEBASA, depois TELEBAHIA, e hoje Oi, participei logo do Coral, durante sete anos. Logo então, senti o desejo de compor os poemas seguindo as ordens cronológicas. Quando nasceu minha primeira filha, Viviane, eu compus “Porta-bandeira”. Eis a letra: Nasceu a criatura que a gente […]

  • +
    30.03.2015

    A grande espera

    A minha história de amor e também da minha vida. Ela começou em 1968, quando eu tinha 20 anos. Não lembro o dia e mês quando conheci o grande e primeiro amor de minha vida, Lucas Gonçalves de Almeida, pernambucano da cidade de Abreu e Lima (nunca esqueci), morou em Belém do Pará, serviu a […]

Site desenvolvido por Corisco Design